Absenteísmo, qual o custo disto para sua empresa?

absenteísmo

Absenteísmo, o que é?

Absenteísmo é uma palavra com origem no latim, onde absens significa “estar fora, afastado ou ausente”. O absenteísmo consiste no ato de se abster de alguma atividade ou função. No ambiente corporativo refere-se a ausência de empregados, que pode ser frequente ou esporádica e também inclui atrasos ou não cumprimento da carga horária total semanal.

Causas do Absenteísmo

Na grande parte das situações o problema é gerado por questões desreguladoras do ambiente de trabalho que influenciam diretamente no físico e/ou psicológico do colaborador.

Listamos algumas das causas mais comuns que do absenteísmo:

  1. Desmotivação
  2. Insatisfação
  3. Volume excessivo de trabalho.
  4. Más condições para desempenhodas funções.
  5. Baixo reconhecimento(levando o funcionário a buscar novas oportunidades)
  6. Estresse
  7. Mau relacionamento da equipe.
  8. Ergonomia do ambiente de trabalho.

Qual o papel do Rh?

Caso os índices de absenteísmo comecem a despertar a atenção, é importante que o RH avalie o cenário para detectar o motivo o mais breve possível. 

Checar se houve alguma mudança no ambiente de trabalho, se há mais pessoas com este mesmo comportamento, qual é o perfil do líder desta equipe, houve algo fora do padrão recentemente ou se são problemas pessoais que a empresa pode oferecer auxílio. É fundamental a aproximação da empresa em momentos como esses.

Como descobrir a taxa de absenteísmo na sua empresa?

A percepção da situação pode ocorrer com base nos relógios de ponto, ou pelo feeling da equipe de Rh durante o convívio diário. É possível também desenvolver indicadores de análise cruzando as informações de atestados e relógio de ponto para tornar mais concreta a análise dos dados.

Como o absenteísmo pode impactar na minha empresa?

O absenteísmo gera vários impactos negativos na produtividade de uma empresa, além de gastos com horas não trabalhadas e horas extras para compensar a produção dos ausentes, provocando assim uma diminuição dos lucros. Este com certeza não é quadro desejado pelos gestores.

A ausência constante de profissionais interfere também no clima organizacional, que é afetado diretamente porque os colaboradores que precisam cobrir os ausentes podem se sentir descontentes com o fato. E indiretamente os efeitos pesam sobre a qualidade dos produtos e serviços prestados e na satisfação do cliente.

Como reduzir o absenteísmo dentro da minha empresa?

A redução será possível com estratégia de gestão da equipe de Rh. Detectar as reais causas para agir diretamente é fundamental, afinal o problema pode ser pontual ou generalizado, e este perfil precisa ser detalhadamente analisado, para tomar as medidas corretas.

Algumas boas práticas podem ser implantadas para contribuir com um ambiente de trabalho mais agradável e atrativo para o colaborador. Confira:

  1. Promova o diálogo entre as equipes.

Muitas pessoas têm dificuldade em expor seus problemas ou insatisfações, por isso ouvir o colaborador mostra o interesse no mesmo e pode surgir soluções para problemas que nunca foi solucionado por falta de oportunidade de ouvir que está diariamente da execução da tarefa.  

  1. Invista em comunicação clara e objetiva.

A comunicação sobre os passos da empresa, e qualquer assunto que possa influenciar diretamento o colaborador deve ser apresentado a todos os empregados através de apresentações formais ou comunicados gerais. Mudanças repentinas pode surpreender negativamente a equipe.

  1. Promova um bom ambiente de trabalho.

É importante analisar as questões físicas e de relacionamento pra que o ambiente seja adequado e agradável para a equipe.

  1. Promover a saúde no ambiente de trabalho e fora dele

As patologias associadas ao trabalho como LER/DORT estão entre as principais  causas do absenteísmo. 

Para evitá-las, as empresas devem incentivar a prática de atividade física e alimentação saudável, assim como proporcionar atividades internas como a prática de ginástica laboral ou massagens no horário de trabalho e as pausas orientadas.

  1. Esteja perto dos líderes.

Acompanhe quais são as metas de cada empregado, se elas são viáveis, tangíveis e têm a ver com a função. Os líderes das equipes costumam ser os primeiros a perceber que determinado empregado está com problemas.

  1. Faça a conferência de atestados médicos.

Poucas empresas possuem controle rígido dos atestados, mas esta é uma tarefa fundamental, e um indicador importante para traçar estratégia de mudança

Os gastos monetários com problemas de absenteísmo muitas vezes passam despercebidos pelos gestores. Desenvolvemos uma planilha para que você possa visualizar em valores o custo das faltas atuais da sua empresa e traçar estratégias que reduzam este prejuízo silencioso. 

Investir em qualidade de vida previne lesões osteomusculares, melhora o clima organizacional e protege a empresa de possíveis causas trabalhistas. Avalie o seu prejuízo atual da sua empresa com absenteísmo e perceba que atividades como ginástica laboral podem deixar de ser gastos para serem investimentos em um piscar de olhos. 

Para download da planilha basta clicar no botão abaixo:

2 thoughts on “Absenteísmo, qual o custo disto para sua empresa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *