LER/ DORT – 5 sintomas para você ficar alerta!

Antes conhecido como LER (Lesão por esforço repetitivo), foi renomeado para DORT (distúrbios osteoarticulares relacionados ao trabalho) por se tratar de distúrbios que podem ser causados não só pelo esforço repetitivo, mas por uma somatória de outros fatores como sobrecarga, clima organizacional, entre outros, mas sempre relacionados as atividades laborais.

DORT são então alterações nas estruturas osteomusculares (tendões, sinovias, articulações, nervos, músculos), por mau uso ou uso excessivo destas, geralmente relacionado ao desenvolvimento de atividades laborativas (trabalho).

Os distúrbios osteomusculares ocupacionais mais frequentes são as tendinites (particularmente do ombro, cotovelo e punho), as lombalgias (dores na região lombar) e as mialgias (dores musculares) em diversos locais do corpo. Mas listamos as principais doenças que podem acometer você trabalhador que deixa de lado a prevenção:

  • Tendiniteinflamação dos tendões;
  • Tenossinovites:inflamação da capsula sinovial das articulações, local que contém um líquido que lubrifica a cartilagem;
  • Epicondilites:inflamação da superfície óssea, que se desloca durante a movimentação da articulação;
  • Bursites:inflamação das bursas, que são bolsas que ficam entre o osso e os tendões musculares, atuando como um amortecedor e redutoras de atritos;
  • Cistos sinoviais: presença ou formação de um corpo estranho ao líquido sinovial;
  • Dedo em gatilho: condição em que as contenções fibroelásticas dos dedos inflamam e o tendão não consegue se movimentar. O dedo fica flexionado, igual se fosse puxar um gatilho, originando o nome;
  • Síndrome do túnel do carpo: consiste na inflamação dos tendões que passam no punho e comprimem o nervo medial.

Você se pergunta: como sei que posso estar com alguma dessas doenças? Existem sintomas comuns? Sim, existem sintomas que podem ser um alerta para você. As doenças ocupacionais apresentam sintomatologia semelhante, por isso quando perceber algum dos itens abaixo, seu primeiro passo deve ser procurar um médico, para evitar evolução da doença e até incapacitação funcional.

Os 5 sintomas mais comuns da LER/ DORT são:

  • Dor localizada.
  • Presença de nódulos, cistos, inchaço.
  • Paralização total ou parcial com sensação de anestesiado (paralisia e parestesia)
  • Sinais inflamatórios: calor, vermelhidão e edema.
  • Diminução da força

Como é feito o tratamento do LER/ DORT?

O tratamento é feito da associação entre uso de medicamentos antinflamatórios, analgésicos e fisioterapia. Em caso mais avançados pode ser necessário cirurgia.

Hoje existem diversos recursos dentro da fisioterapia capazes de reabilitar o paciente acometido pela LER/DORT, por isso busque bons profissionais para realizar o seu tratamento.

Se não tenho sintomas, é possível prevenir?

É possível, e deve. Para isso é fundamental os ajuste ergonômicos do seu posto de trabalho. Ou seja, adaptar às suas características anatômicas e fisiológicas ao seu meio de trabalho de forma que não haja dano a sua saúde.

Algumas dicas para prevenção são:

  • Mantenha as costas eretas, apoiadas num encosto confortável e os ombros relaxados enquanto estiver trabalhando sentado.
  • Fique atento a posição dos punhos, eles não devem estar dobrados ou desalinhados.
  • A cada hora, pelo menos, levante-se, ande um pouco e faça alongamentos; Já falamos sobre esse tema anteriormente. Vale a pena conferir aqui.
  • Certifique-se de que a cadeira utilizada para trabalhar sejam adequados ao tipo de atividade que você exerce e a mesa;

Uma informação importante: as doenças por esforço repetitivo, podem hoje estar relacionadas também ao seu lazer. O uso excessivo de videogame, celular ou computador nas horas vagas podem gerar doenças osteo-musculares. Então fique sempre atento ao sobreuso e a ergonomia.

Invista em sua saúde, pratique exercícios, se programe para fazer pausas durante o dia de trabalho, cuide do seu corpo e sua mente. Investir no bem-estar é promover saúde!

Confira nossos posts semanais. Em breve dicas de ergonomia por aqui.

Esperamos ter ajudado e que este conteúdo tenha servido de alerta para você.

 

Se precisar da nossa equipe, é só chamar. Conheça mais sobre a Bem Saúde Brasil, e agende um horário conosco!

 

Escrito por Vanessa Lessa – Diretora Geral;

Siga a Bem Saúde Brasil nas redes sociais (Linkedin, Instagram, Youtube, Facebook)

Para mais novidades sobre temas de saúde e qualidade de vida, promoções e materiais grátis, cadastre-se abaixo:


5 thoughts on “LER/ DORT – 5 sintomas para você ficar alerta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *