Prevenção – O melhor remédio para doenças ocupacionais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estamos de volta, esta semana, com um tema associado ao último post – prevenção.

A repercussão sobre o tema foi grande em nossas redes sociais, muita gente interessada sobre o assunto. E por isso esta semana falaremos sobre como prevenir doenças como a síndrome do túnel do carpo, dentre outras relacionadas ao trabalho.

A pergunta sempre é, como evitar doenças ocupacionais e melhorar a qualidade de vida do trabalhador? E a resposta é simples: prevenção.

Sabemos que as doenças ocupacionais são causadas pelas atividades desenvolvidas rotineiramente pelo trabalhador ou por condições inadequadas no ambiente de trabalho, podendo causar afastamentos temporários, repetitivos e até definitivos.

Todas as empresas possuem riscos ocupacionais, o que varia é a graduação da exposição ao risco, que pode ser maior ou menor. Por isso, ações preventivas e atividades de conscientização é fundamental.

– A prevenção é trabalho de todos

A prevenção não deve ser uma ação exclusiva da empresa, mas também de toda a equipe. Os riscos só podem ser minimizados por um trabalho conjunto. Os setores responsáveis devem reconhecer os riscos e adotar de medidas de mudança e monitoramento, mas toda a equipe deve colocar em prática as mudanças orientadas. Caso contrário, não surgirá efeito e você funcionário será o único prejudicado. A empresa pode ter despesas com afastamentos e multas, mas é a sua saúde e vida que estão em jogo.

Vamos exemplificar: A empresa que você trabalha trocou todo o mobiliário por equipamentos ditos ergonômicos como sempre pediram. Depois de um mês usando os novos equipamentos o que se percebe? As dores melhoram, mas ainda persistem. O que pode ser. Provavelmente você senta sobre a coluna, com as pernas cruzadas, a cadeira muito alta, o monitor sem ajuste e o mouse pad invertido.

Resumindo, a prevenção é um caminho de duas vias, depende de todos.

Para as empresas uma dica: não adianta investir em ações para minimizar riscos sem uma comunicação interna adequada e atrativa. É preciso alertar a sua equipe sobre a importância de seguir as normas de segurança, com uso dos equipamentos e postura adequada. Mas não basta disparar emails informativos e cartazes no mural. É preciso fazê-los interagir, usar vocabulário atrativo para o seu público. Eles precisam realmente entender sobre o que a empresa está falando, se interessar sobre o assunto e colocar em prática.

– Invista em prevenção e tenha retornos financeiros

As estatísticas revelam que a cada R$ 1,00 investido em segurança, o retorno é de R$ 4,00 para empresa. O que pode achar a curto prazo pensar que seja gasto, retorna como ganhos financeiros a médio prazo.

Ou seja, investir em prevenção é positivo financeiramente, além de ser uma importante estratégia para garantir o bem-estar dos trabalhadores e contribuir efetivamente para a produtividade, motivação e satisfação no trabalho. Confira os resultados de um case de prevenção com a empresa Pelir Engenharia aqui.

A conscientização sobre os riscos existentes, doenças ocupacionais e seus efeitos, muitas vezes irreversíveis, devem estar sempre em pauta dentro das empresas. Os responsáveis pelo departamento de Segurança do Trabalho devem promover ações que envolvam a equipe, além de palestras e treinamentos específicos, ministrados por profissionais capacitados, que abordem temas relacionados às regras de proteção e a saúde, para conscientizar sobre a importância da prevenção.

Nós brasileiros não temos a cultura da prevenção, nossa medicina é curativa. Por isso, se você é do setor de segurança do trabalho não desanime, você vai ter dificuldades, mas aos poucos verá resultado.

Como empresários, diretores, segurança do trabalho somos todos trabalhadores, vamos as dicas práticas para afastar os riscos de doenças ocupacionais:

1 – Para atividades de escritório, esteja atento ao mobiliário, e ao seu posicionamento durante o uso dos equipamentos.  O mal posicionamento ao longo da jornada de trabalho pode gerar complicações crônicas;

2 – Esteja atento as orientações quanto aos procedimentos corretos e imediatos que devem ser adotados em caso de acidentes;

3 – Busque informações sobre os resultados obtidos a partir das avaliações realizadas no ambiente laboral, assim como de resultados dos exames médicos e complementares caso realize durante o ano, para ter mais consciência sobre como está a sua saúde e como melhorar ou manter os resultados;

4 – A cada hora de trabalho, saia da sua função e movimente-se. Pausas durante a realização das tarefas permite um alívio dos músculos mais ativos e reduz a atividade cerebral. A mudança de atividade gera melhor desempenho ao retornar a função inicial;

4 – Pratique atividade física como corridas, musculação, pilates, e associe aos exercícios específicos de prevenção durante a jornada de trabalho para evitar, por exemplo, lesões corporais por movimentos repetitivos;

5 – Beba água regularmente ao longo do dia. Uma boa opção é sempre ter uma garrafinha perto do seu local de trabalho.

– Dicas para empresas

1 – Cumpra com todas as normas regulamentadoras (NRs) que determinam os fatores de prevenção no ambiente laboral, visando atender as exigências legais da engenharia de segurança e da medicina do trabalho.

2 – Ofereça um programa de exercícios durante a jornada laboral, como a ginástica laboral, para a sua equipe, sempre orientado por profissionais treinados para a função.

3 – Incentive a prática de atividade física  para auxiliar de forma global a prevenção de doenças ocupacionais, além de favorecer a qualidade de vida e socialização;

4 – Priorize a prevenção e saiba comunicar bem para envolver a sua equipe nessa missão de proteger a saúde de todos e melhorar os resultados da empresa.

Existem diversas opções de tornar o ambiente d trabalho mais seguro e agradável para a equipe. Busque a que melhor se encaixa para a sua empresa e sua vida.

Se precisar da nossa equipe, é só chamar. Conheça mais sobre a Bem Saúde Brasil, e agende um horário conosco!

Escrito por Vanessa Lessa – Diretora Geral;

Siga a Bem Saúde Brasil nas redes sociais (Linkedin, Instagram, Youtube, Facebook)

Para mais novidades sobre temas de saúde e qualidade de vida, promoções e materiais grátis, cadastre-se abaixo:


7 thoughts on “Prevenção – O melhor remédio para doenças ocupacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *